Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Pescadores de Gaza são baleados pela marinha de Israel pelo segundo dia consecutivo

Pescadores de Gaza em 2 de julho de 2019 [Mohammed Asad / Monitor do Oriente Médio]

Forças navais israelenses dispararam balas de metal revestidas de borracha contra pescadores palestinos na costa norte de Gaza pelo segundo dia consecutivo, informou a agência de notícias Wafa.

Dois pescadores foram atingidos e forçados a retornar à costa, onde foram transferidos para um hospital em Gaza para tratamento. Sua condição foi descrita como moderada.

Segundo o jjornal Times de Israel, as Forças de Defesa reconheceram os disparos pelas tropas, mas não confirmaram nenhum ferido palestino.

LEIA: Gaza fabrica ventiladores para combater o coronavírus

Os soldados israelenses da ocupação também teriam baleado e ferido um pescador de 23 anos na mão e na perna ontem, com balas revestidas de borracha.

Ele foi imediatamente levado a um hospital local na costa norte de Sudaniya e, desde então, recebe atendimento, relatou Wafa.

Fontes locais acrescentaram que outros pescadores que estavam a bordo não foram atingidos.

As autoridades israelenses há muito impõem restrições unilaterais aos pescadores palestinos na Faixa de Gaza, que são rotineiramente aplicadas por meio de ataques violentos dos navios da Marinha.

Post com infográfico denuncia a escalada de ataques israelenses a pescadores palestinos

Autoridades palestinas dizem que os ataques são feitos sob o pretexto de que os pescadores estão trabalhando fora da zona designada, mesmo quando isso não é verdade..

As autoridades navais de Israel impõem um bloqueio marítimo de 40 quilômetros da costa de Gaza desde 2007.

O bloqueio restringiu a pesca de 4.000 pescadores palestinos em Gaza, reduzindo a zona de pesca de 25 milhas náuticas, para apenas seis a nove milhas náuticas além da costa.

LEIA: OCHA precisa de 34 milhões de dólares para barrar coronavírus na Palestina

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Show Comments