Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Iêmen precisa de água potável para se proteger de doenças, alerta ACNUR

Crianças iemenitas enchem galões de plástico com água potável distribuída por entidades humanitárias, em Sanaa, capital do Iêmen, 1° de abril de 2019 [Mohammed Hamoud/Agência Anadolu]

O Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR) fez um apelo à comunidade internacional para que envie provisões de água potável ao Iêmen, a fim de proteger a população local da propagação de doenças, incluindo o coronavírus.

A agência da ONU para refugiados detalhou em sua página do Twitter que dois terços da população do Iêmen precisam urgentemente de “apoio nos serviços de água”. Segundo a declaração, “populações deslocadas que vivem em locais de asilo passam horas coletando água [para sobreviver]”.

“O acesso à água potável é crucial e protege [a população] da propagação de doenças como cólera e Covid-19”, concluiu a agência.

Até a tarde do último domingo (22), o Iêmen ainda não havia reportado casos de coronavírus, seja nas áreas controladas pelo governo ou nas áreas controladas pelos rebeldes houthis.

O Iêmen vivencia uma guerra civil desde 2014, quando rebeldes houthis tomaram grande parte do país, incluindo a capital Sanaa. Em 2015, Arábia Saudita e aliados decidiram intervir militarmente em apoio ao governo sitiado do Iêmen.

Considera-se que a guerra no Iêmen tenha criado a pior crise humanitária do mundo hoje, resultando em milhões de pessoas sob condições severas de fome e carência médica.

LEIA: Forças apoiadas pelos Emirados Árabes Unidos impedem reunião do governo no Iêmen

Categorias
IêmenNotíciaONUOrganizações InternacionaisOriente Médio
Show Comments
Show Comments