Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Suíça sedia segunda rodada de negociações da Comissão Militar Conjunta da Líbia

Milhares de pessoas reúnem-se na Praça dos Mártires em ocasião de funeral realizado após ataques aéreos contra uma escola militar, executados por forças leai ao comandante dissidente Khalifa Haftar, em Trípoli, capital da Líbia, em 5 de janeiro de 2020 [Hazem Turkia/Agência Anadolu]

A Comissão Militar Conjunta da Líbia deu início à segunda rodada de negociações mediadas pela Organização das Nações Unidas (ONU), com sede na cidade de Genebra, Suíça. O objetivo das conversas é alcançar um cessar-fogo abrangente no país africano.

A Missão de Apoio das Nações Unidas na Líbia fez um apelo a todas as partes relevantes que aproveitem a oportunidade posta pela comunidade internacional, na esperança de que a responsabilidade e o compromisso prevaleçam nas negociações políticas sobre a Líbia, marcadas para 26 de fevereiro.

A primeira rodada de negociações terminou mais cedo neste mês; contudo, sem avanços.

As partes envolvidas – o Governo de União Nacional, reconhecido internacionalmente e liderado pelo Primeiro-Ministro Fayez Al-Sarraj e as forças rebeldes, lideradas pelo general dissidente Khalifa Haftar – são representadas por cinco oficiais cada.

O Governo de União Nacional, entretanto, suspendeu sua participação nas negociações, reivindicando que se assumam ações contundentes contra violações cometidas pelas forças de Haftar, antes de retomar o processo de paz.

Categorias
ÁfricaEuropa & RússiaLíbiaNotíciaSuíça
Show Comments
Show Comments