Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

“Acordo do século” ameaça entendimento de Israel com o Hamas, diz analista israelense

O chefe do Bureau Político do Hamas Ismail Haniyeh (4º, dir) e o líder do Hamas na Faixa de Gaza, Yahya Sinwar (3º , dir) participam de uma manifestação contra a conferência liderada pelos EUA no Bahrein, em 26 de junho de 2019 na cidade de Gaza, Gaz [Ali Jadallah/Agência Anadolu]

O “acordo do século” dos EUA significa minar o entendimento de Israel com o Hamas e pode perpetuar a situação atual pelos próximos anos, de acordo com o analista militar israelense Ron Ben Yeshai, no jornal israelense Yedioth Ahronoth.

O analista observa que o acordo a ser apresentado em breve aos líderes israelenses na Casa Branca agravará a situação nos territórios palestinos – na Cisjordânia e na Faixa de Gaza, bem como na Jordânia.

Ele enfatiza que o acordo constitui um desafio para o Hamas, porque o movimento palestino o considera um plano da corrente evangélica cristã nos EUA, em cooperação com a direita israelense.

O Hamas, de acordo com Yeshai, considera que esse plano tenha como um alvo o Islã e seja um desafio para ele, de modo que todas as medidas em andamento para chegar a um acordo com o Hamas em Gaza sejam descartadas pelo anúncio do “acordo do século”.

Ben Yeshai acrescentou: “Quaisquer medidas unilaterais de Israel perpetuarão a situação atual por dezenas de anos, por isso Israel não deve ser atraído para as políticas dos EUA porque está no auge do processo eleitoral e todo o discurso em andamento apenas favorece Netanyahu e Trump. “

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestine
Show Comments
Show Comments