Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Israel ameaça matar líder do Hezbollah por suas denúncias sobre o estado sionista

Apoiadores do Hezbollah reúnem-se em cerimônia do feriado religioso da Ashura, diante de uma imagem de seu líder, Hassan Nasrallah, na capital libanesa Beirute, em 20 de setembro de 2018 [Anwar Amro/AFP/Getty Images]

Israel Katz, Ministro de Inteligência e Relações Exteriores de Israel, reiterou nesta segunda-feira (13) suas ameaças de executar Hassan Nasrallah, líder da organização política libanesa Hezbollah, devido a suas denúncias reiteradas sobre o estado da ocupação.

Em sua página do Twitter, Katz escreveu: “Nasrallah não para de atacar Netanyahu e ameaçar Israel. À medida que piora suas provações, aumenta sua arrogância.”

O membro do gabinete de segurança de Israel ainda acrescentou: “Ele [Nasrallah] foi forçado a esconder-se após seus mestres iranianos lhe disserem que poderia ser eliminado. Caso desafie Israel, isso não o ajudará.”

No domingo (12), Nasrallah enviou mensagens de alerta a Israel. Segundo a agência de notícias Maan, em referência aos mísseis iranianos que atingiram bases utilizadas pelos Estados Unidos no Iraque, o secretário-geral do Hezbollah declarou: “Uma forte mensagem à entidade israelense que pensou ser fácil brincar com o Irã.”

Nasrallah enfatizou que Israel “é um instrumento nas mãos dos Estados Unidos” e que “deve receber os alertas iranianos com seriedade.” O líder libanês também fez um apelo para que todos os “aliados” passem a se mover em oposição às forças americanas. “Penso que o eixo de resistência deve começar a trabalhar,” afirmou Nasrallah.

Categorias
IsraelLíbanoNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Show Comments