Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Emir do Catar e Presidente do Irã reafirmam diálogo como única solução para a crise

Presidente do Irã Hassan Rouhani (à esquerda) e Emir do Catar Tamim Bin Hamad Al-Thani (à direita)i reúnem-se na capital iraniana Teerã, em 12 de janeiro de 2020 [Presidência do Irã/Agência Anadolu]

O Emir do Catar, sheik Tamim Bin Hamad Al-Thani, e o Presidente do Irã, Hassan Rouhani, concordaram neste domingo (12) que a única solução para as crises recentes na região reside no diálogo e desescalada de tensões.

O sheik Tamim reafirmou durante coletiva de imprensa conjunta com o presidente iraniano em Teerã, capital do Irã, que sua visita ocorre em um momento bastante delicado para todo o Oriente Médio e enfatizou que ambos os líderes assentiram na busca por soluções para a crise por meio do diálogo.

Nos últimos meses, a região vivenciou uma série de eventos que alcançaram seu clímax entre os últimos dias de 2019 e os primeiros dias de 2020, mais notavelmente pelo assassinato do General Qasem Soleimani – comandante das Forças al-Quds, unidade de elite da Guarda Revolucionária do Irã – sob ordens de Washington e pela retaliação iraniana contra duas bases militares no Iraque que abrigavam soldados americanos.

O sheik Tamim reiterou que seu encontro com Rouhani foi bom e produtivo: “Conversamos sobre o desenvolvimento das relações entre os dois países.”

O Emir do Catar elogiou a posição do Irã nos anos recentes, em particular, diante do pesado bloqueio imposto por Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Bahrein e Egito ao país árabe, a partir de 5 de junho de 2017, sob alegação de apoio ao terrorismo. O Irã auxiliou efetivamente o governo catariano ao abrir seus portos e espaço aéreo.

O Catar nega todas as acusações feitas pela coalizão de países árabes e afirma ser vítima de uma campanha difamatória cujo objetivo é deteriorar sua soberania e independência nacional.

O sheik Tamim destacou que as relações com o Irã são “históricas” e reiterou grandes avanços. O emir catariano também relatou ter convidado o presidente iraniano a visitar Doha, capital do Catar, e expressou anseios e expectativas positivas para esta visita. Segundo Tamim, as portas entre os dois países estarão sempre abertas.

Por sua vez, Rouhani reiterou que Doha e Teerã “assumem hoje decisões importantes e produtivas para expandir mutuamente suas relações.”

O presidente iraniano enfatizou que seu país possui boas relações em termos de economia, comércio, cultura e ciência com o Catar, e anunciou que ele e o chefe de governo catariano decidiram realizar anualmente um comitê conjunto entre representantes de ambos os países para tomar decisões significativas.

Deste modo, Rouhani revelou que Irã e Catar concordaram em aumentar a frequência das viagens oficiais de seus respectivos representantes. “Dada a importância da segurança na região, em particular no Golfo, decidimos preservar a cooperação e consulta entre ambos os países,” acrescentou o presidente iraniano.

O Emir do Catar chegou em Teerã na manhã deste domingo (12), acompanhado por uma delegação composta por oficiais de alto escalão, sua primeira visita oficial ao país persa desde que assumiu o poder, em 2013.

O Presidente do Irã recebeu o emir catariano em uma cerimônia oficial realizada no Complexo do Palácio de Sadabade, em Teerã. Após execução dos hinos nacionais catariano e iraniano, o Rouhani e Tamim visitaram a Guarda de Honra. Logo depois, foram realizadas conversas entre os chefes de governo de ambas as nações, na presença das respectivas delegações nacionais.

Segundo declaração oficial do Amiri Diwan – corpo administrativo do Estado do Catar –, o emir catariano discutiu com os oficiais iranianos as relações bilaterais entre os países e formas de fortalecê-las. Rouhani e Tamim também conversaram sobre questões regionais e internacionais de interesse comum.

A agência de notícias iraniana Fars declarou que, durante a visita, o Emir do Catar deve encontrar-se com o Líder Supremo do Irã Ali Khamenei, a fim de debater os acontecimentos em curso no Oriente Médio atualmente.

Categorias
CatarIrãNotíciaOriente Médio
Show Comments
Show Comments