Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

350 mil iemenitas foram deslocados em 2019, diz ONU

Crianças em frente a tendas improvisadas no campo de refugiados de Darwan, em Amran, norte de Sanaa, Iêmen, em 11 de abril de 2018 [Mohammed Hamoud/Agência Anadolu]

Cerca de 350.000 pessoas foram deslocadas pelo conflito no Iêmen em 2019, segundo as Nações Unidas informaram hoje.

Em um tweet, a Organização Internacional das Migrações da ONU disse que a Matriz de Rastreamento de Deslocamentos abrange mais de 42.000 locais, para ajudar a entender as necessidades, números, locais e condições da população no Iêmen, incluindo deslocados internos, retornados e migrantes.

Esse restreamento constatou que somente em 2019, cerca de 350.000 pessoas foram deslocadas no Iêmen.

A guerra civil do Iêmen está em andamento há cinco anos, com quase 100.000 pessoas mortas no processo, conforme mostram dados da ONU.

O conflito eclodiu depois que os rebeldes houthis assumiram o controle da capital Sanaa e dos escritórios do governo em 2014, forçando as autoridades apoiadas internacionalmente a se mudarem para a cidade de Aden, no sul. Uma coalizão árabe apoiada pela Arábia Saudita interveio meses depois para reverter os avanços dos Houthi.

Até o momento, houve pouco progresso nesse sentido e os dois lados foram acusados de “crimes de guerra” pela ONU e outros grupos de direitos.

Categorias
IêmenNotíciaONUOrganizações InternacionaisOriente Médio
Show Comments
Show Comments