Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Israel discute construir 6.000 novas unidades de assentamento

Vista aérea de um assentamento judaico no território ocupado de Jerusalém Oriental, 4 de outubro de 2018 [Mostafa Alkharouf/Agência Anadolu]

Segundo informações divulgadas hoje (30) pelo jornal israelense Haaretz, o Gabinete de Segurança de Israel está discutindo planos para aprovar a construção de 6.000 unidades de assentamento na chamada Área C dos territórios ocupados palestinos.

De acordo com a Corporação Israelita de Radiodifusão Pública (Kan), “não está claro se os planos para construção serão de novas unidades ou para legalizar as estruturas existentes.”Segundo o Haaretz, fontes internas afirmaram que o plano foi uma iniciativa do Primeiro Ministro de Israel, Benjamin Netanyahu.

As fontes também relataram que a iniciativa inclui a construção de 700 unidades de moradia palestinas em troca da construção de “6.000 unidades de assentamento judaicas que estão atualmente em processo de aprovação.”

A construção das unidades residenciais, tanto judaicas quanto palestinas, é planejada para ocorrer na Área C, na Cisjordânia ocupada, sob controle militar e administrativo da ocupação israelense.

Israel Gantz, chefe do Conselho Regional de Mateh Binyamin e Yossi Dagan, chefe do Conselho Regional de Samaria, declararam que os planos para construção de residências palestinas são “particularmente preocupantes”.

“Como a Autoridade Palestina está fazendo ativamente uma apropriação ilegal da Área C, temos esperança de que esta reportagem seja imprecisa,” afirmaram os representantes sionistas em uma declaração conjunta. Eles reiteraram que o plano servirá “ao estado terrorista no coração de Israel.”

A declaração acrescenta: “O único lugar para projetos de construção em larga escala que servem ao setor árabe em Judeia e Samaria [Cisjordânia] é a área sob jurisdição da Autoridade Palestina.”

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments