Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Relatório revela que Israel matou 16 crianças palestinas desde o início de 2019

Crianças palestinas protestam contra a presença de soldados israelenses próximos à aldeia de Nabi Saleh, na Cisjordânia [Apaimages]

A organização Defence for Children International – Palestine (DCIP ou Defesa Internacional da Criança – Palestina) divulgou um relatório ontem (23) no qual revela que as forças de ocupação israelenses mataram 16 crianças palestinas na Cisjordânia ocupada e na Faixa de Gaza sitiada desde o início de 2019.

A entidade de direitos humanos afirma que doze crianças foram mortas em Gaza e quatro crianças foram mortas na Cisjordânia ocupada.

A organização acusa as forças de ocupação israelenses de “utilizar força excessiva, poder de fogo e explosivos contra crianças, com o objetivo de matá-las ou mesmo mutilá-las permanentemente.”

Segundo o documento divulgado pela DCIP, as forças israelenses continuam a assassinar e mutilar crianças palestinas pois não são responsabilizadas, além de serem protegidas pelo governo de Israel.

A DCIP, parte de um movimento internacional de defesa da infância, então reivindicou que secretário-geral da ONU inclua Israel em seu relatório anual sobre crianças e luta armada devido às suas “flagrantes violações contra crianças”.

908 menores palestinos foram presos pela ocupação israelense desde o início deste ano

 

Categorias
DCIPIsraelNotíciaOrganizações InternacionaisOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments