Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

OMS: Mil libaneses mortos e cinco mil feridos em três meses

Um abrigo de migrantes alvejado pelas forças de Haftar em Trípoli, Líbia em 3 de julho de 2019 [Hazem Turkia / Agência Anadolu ]

Mais de mil libaneses foram mortos e mais de cinco mil ficaram feridos desde o início da campanha militar liderada pelo renegado comandante líbio Khalifa Haftar para ocupar Trípoli, informou a OMS.

Em postagem no Twitter, a OMS disse: “As baixas do ataque desta semana a um centro de migrantes em Tajoura são 53 mortos e 130 feridos, fazendo com que o total de vítimas do conflito de Trípoli seja de quase 1.000 mortos e mais de 5.000 feridos”.

Os ataques liderados por Haftar contra o governo apoiado internacionalmente em Trípoli forçaram mais de 100 mil pessoas a fugirem de suas casas.

A fim de impedir a tragédia no país devastado pela guerra, a OMS pediu uma “solução rápida e pacífica para que todas as pessoas na Líbia estejam protegidas contra danos”.

Os líbios estão envolvidos em uma sangrenta luta pelo poder desde 2011, quando a OTAN apoiou uma revolução contra o ditador de longa data, Muammar Gaddafi, que levou à sua deposição.

Forças de Haftar matam migrantes na Líbia – Cartoon [Sabaaneh / tMonitor do Oriente Médio]

Categorias
ÁfricaLíbiaNotíciaOMSOrganizações Internacionais
Show Comments
Show Comments