Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Israel proíbe chamado à oração por quase 300 vezes na mesquita Ibrahimi

Mesquita Ibrahimi em Hebron [Arquivo de Fotos]

As forças de ocupação israelenses proibiram o chamado à oração da Mesquita Ibrahimi, em Hebron, por 294 vezes durante os primeiros seis meses deste ano, segundo o Ministério de Assuntos Religiosos e Religiosos.

Além disso, colonos derrubaram uma antiga oliveira do lado de fora da mesquita na cidade ocupada de Hebron , na Cisjordânia.

O local sagrado islâmico também foi fechado aos fiéis muçulmanos para permitir que os judeus celebrem a Páscoa em abril.

As proibições foram feitas sob seguidos pretextos.

A mesquita, que se acredita ser o local do enterro do profeta Abraão, é sagrada para os muçulmanos e judeus e tem sido palco de tensões violentas por décadas.

O local sagrado foi dividido em uma sinagoga – conhecida pelos judeus como a Caverna dos Patriarcas – e uma mesquita, depois que o colono israelense nascido nos Estados Unidos, Baruch Goldstein, massacrou 29 palestinos dentro da mesquita em 1994.

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestine
Show Comments
Show Comments