Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

415.000 bebês crianças sírios nasceram na Turquia desde 2011, diz chefe da imigração

Mãe e criança entre sírios que passam pelo portão da fronteira de Oncupinar para chegar a suas cidades perto do Eid al-Adha, em Kilis, Turquia, em 29 de agosto de 2017 [Ensar Özdemir / Agência Anadolu]

Mais de 400 mil bebês sírios nasceram na Turquia desde o início da guerra civil na Síria em 2011, disse um funcionário do Ministério do Interior da Turquia, segundo informou a agência Anadolu.

“A população de sírios na Turquia é jovem, já que [apenas] cerca de 100 mil entre 3,6 milhões de sírios na Turquia têm mais de 60 anos”, disse Abdullah Ayaz, chefe do departamento de gerenciamento da imigração do ministério.

“Desde o início da crise, mais de 415.000 bebês sírios nasceram na Turquia”, disse Ayaz em uma reunião da Assembléia Parlamentar do Mediterrâneo (PAM) na capital da Turquia, Ancara. A reunião de dois dias durará até quinta-feira no parlamento turco.

A Turquia hospeda mais sírios do que qualquer outro país do mundo. Ayaz disse que as autoridades turcas continuam trabalhando para garantir que todas as crianças sírias recebam educação e acrescentou que, desde 2011, a Turquia impediu que mais de 74 mil estrangeiros entrassem no país.

A Turquia tem sido uma rota principal para migrantes irregulares que tentam atravessar para a Europa, especialmente desde 2011, com o início da guerra civil síria.

Mais de 265.000 migrantes irregulares foram detidos na Turquia em 2018, de acordo com o Ministério do Interior turco.

A Síria mal começoa a emergir de um conflito devastador que começou no início de 2011, quando o regime de Assad reprimiu os manifestantes com uma ferocidade inesperada.

Segundo dados da ONU, centenas de milhares de civis foram mortos ou deslocados no conflito, principalmente por ataques aéreos de regime em áreas controladas pela oposição.

Categorias
Europa & RússiaNotíciaOriente MédioSíriaTurquia
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments