Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Relatório: 67% dos presos palestinos suas detenções renovadas

Manifestação em Gaza em apoio a Mohamed Al-Qeq, mantido sob detenção administrativa [Mohammed Asad / Monitor do Oriente]

Dois terços dos 490 prisioneiros palestinos sob detenção administrativa veem seu período de prisão renovado pelo menos uma vez enquanto estão em prisões israelenses. As sentenças variam entre dois e seis meses, informou ontem o Centro Palestino de Estudos.

Em um relatório, o Centro disse que a ocupação israelense tem o objetivo de prender os prisioneiros palestinos o maior tempo possível dentro das prisões, sem julgamento.

O Centro descreveu a situação desses prisioneiros, que são encarcerados com base em informações secretas mantidas pela inteligência israelense, como “reféns políticos”.

Segundo o relatório, Israel realiza audiências falsas, pois esses prisioneiros têm detenções administrativas frequentemente renovados.

O Centro informou que 71 presos tiveram a detenção administrativa renovada pela segunda vez consecutiva, 172 renovados pelo terceiro período consecutivo, 66 das prisões foram renovadas pela quarta vez e 25 pela quinta vez consecutiva.

OCentro disse que 155 prisioneiros mantidos em detenção administrativa estão em seu primeiro mandato. A maioria deles são ex-prisioneiros.

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments