Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Metade dos ingressos do Eurovision sobra sem vender dias antes da final

Ativistas seguram cartazes pedindo o boicote da Eurovisão em Belém, na Cisjordânia, em 22 de março de 2019 [MUSA AL SHAER / AFP / Getty Images]

O canal de TV 12, de Israel, informou ontem que metade dos ingressos para o Eurovision Song Contest ainda não foram vendidos, e que isso significa perdas estimadas em dois milhões de shekels (US $ 558.771), segundo a Al-Wattan Voice.

“Cerca de 15.000 turistas devem chegar a Israel”, disse o canal, acrescentando que milhares de ingressos para a final do sábado ainda continuam à venda.

A Eurovisão foi altamente afetada pela campanha internacional de boicote, que está sendo liderada por artistas internacionais famosos , incluindo Roger Waters, entre outros.

A campanha BDS pediu a artistas, telespectadores e frequentadores de shows que boicotem o Eurovision deste ano, que começa em Tel Aviv nesta semana, depois que a cantora israelense Netta Barzilai participou e venceu o concurso de 2018. Como a Autoridade de Radiodifusão de Israel é membro da União Européia de Radiodifusão, responsável pelo evento, Israel tem permissão para apresentar um concorrente, apesar de sua localização extra-européia.

Artistas globais pedem um boicote à Eurovisão em solidariedade aos palestinos – Cartoon [Sabaaneh / MiddleEastMonitor]

Categorias
BDSEurovisionIsraelNotíciaOrganizações InternacionaisOriente MédioPalestine
Show Comments
Show Comments