Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Governo da Tunísia investiga ‘conspiração’ de políticos e jornalistas

1
Mulher exibe a Bandeira nacional durante um protesto na Tunísia, em 14 de janeiro de 2016 [Fethi Belaid/AFP/Getty Images]

Autoridades tunisianas deferiram ordens de prisão contra quatro réus em um caso de suposta conspiração contra a segurança do estado, reportou a rede Al-Watan Voice. Entre os suspeitos, está um ex-governador e um ex-agente de segurança.

O juiz responsável proibiu todos os réus de viajarem até a conclusão do inquérito, que afeta 25 pessoas no total, incluindo políticos conhecidos e figuras da imprensa; entre os investigados, há ainda um ex-ministro de estado.

A Procuradoria Pública da Corte de Primeira Instância em Túnis permitiu a investigação de mais de 20 pessoas, dentre as quais, jornalistas, políticos, ex-funcionários públicos e sindicalistas.

Segundo as informações disponíveis, o inquérito envolve “crimes de formação de aliança com o intuito de atacar pessoas e propriedades; conspirar contra a segurança do estado; comunicar-se com agentes estrangeiros em detrimento da posição diplomática da Tunísia; fraude e mentira; e cometimento de atos desprezíveis contra o chefe de estado”.

LEIA: Manifestantes exigem saber destino de migrantes desaparecidos na Tunísia

Categorias
ÁfricaNotíciaTunísia
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments