Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Israel impõe pena de prisão por vandalismo no muro do apartheid

1
Foto mostra o muro do apartheid na Cisjordânia e uma torre de vigia militar israelense [Apaimages]

O exército de ocupação israelense decidiu prender qualquer palestino sob o pretexto de causar danos ao muro do apartheid na Cisjordânia. O comandante do Comando Central do exército de ocupação assinou uma emenda legal estipulando uma pena de prisão não inferior a 18 meses para os condenados em tribunais militares por danificar o muro, de acordo com o site israelense Walla!

Esta alteração terá validade de dois anos e estipula que pelo menos seis meses da pena de prisão não serão cumpridos em regime de liberdade condicional.

Palestinos da Cisjordânia entram em Israel em busca de trabalho através de brechas no muro do apartheid porque não conseguem obter uma permissão para entrar.. No entanto, o exército de ocupação afirma que a emenda legal foi feita após os palestinos abrirem buracos no muro e entrarem para realizar ataques, embora tais incidentes tenham sido raros nos últimos anos.

Esta lei se aplica apenas aos palestinos sob o regime de apartheid praticado por Israel na Cisjordânia.

LEIA: Para entender o singular colonialismo israelense

A ocupação comete crimes contra trabalhadores palestinos, dos quais os mais frequentes  são a perseguição e prisão de palestinos, a imposição de pesadas multas e ataques em vários níveis.

Em 5 de julho, Ahmad Harb Ayyad, de 32 anos, foi martirizado depois de ser brutalmente espancado e abusado pelos soldados da ocupação israelense em uma abertura no muro do apartheid perto de Tulkarm.

O Ministério do Trabalho palestino afirmou que Ayyad era morador da Faixa de Gaza e foi martirizado na vila de Faroun, perto de Tulkarm.

Este é o segundo jovem de Gaza morto a caminho do trabalho na Cisjordânia. Em 8 de maio, os soldados da ocupação mataram Mahmoud Sami Aram, também de Gaza e residente na Cisjordânia, enquanto ele estava a caminho do trabalho perto do posto de controle de Jabara em Tulkarm.

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments