Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

OCI condena planos israelenses de demolir aldeias palestinas

Forças israelenses tentam dispersar protesto palestino contra demolição de um edifício na aldeia de Zif, em Hebron (Al-Khalil), Cisjordânia ocupada, 15 de fevereiro de 2022 [Mamoun Wazwaz/Agência Anadolu]

A Organização para Cooperação Islâmica (OCI) condenou os planos israelenses para demolir aldeias palestinas construir milhares de unidades coloniais na Cisjordânia ocupada.

Em nota, a entidade rechaçou “o projeto israelense, como potência ocupante, de construir quatro mil novas unidades coloniais em terras palestinas e evacuar e demolir 12 aldeias na região de Yatta, ao sul da província de al-Khalil”.

Além disso, descreveu a política de assentamentos ilegais israelenses como “agressão flagrante contra os direitos palestinos, resoluções das Nações Unidas e a lei internacional”.

Em seguida, a organização reafirmou seu apelo à comunidade internacional para “interromper todas as atividades coloniais nos territórios palestinos ocupados, incluindo Jerusalém Oriental, impedir as violações de Israel e responsabilizá-lo por seus crimes”.

Na sexta-feira (6), o Ministério da Defesa de Israel anteviu aprovação de quatro mil unidades ilegais e exclusivamente judaicas na Cisjordânia ocupada. Neste entremeio, Tel Aviv também deferiu a demolição de casas palestinas em 12 aldeias de Masafer Yatta.

LEIA: Tratores israelenses destroem terras palestinas em Belém ocupada

Categorias
IsraelNotíciaOCIOrganizações InternacionaisOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments