Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Copa do Catar abre inscrições para voluntários

[Divulgação]

A Copa do Mundo da Fifa Catar 2022, que ocorre entre 21 de novembro e 18 de dezembro no país do Golfo, abriu inscrições para o Programa de Voluntariado. Estão disponíveis 20 mil vagas para pessoas de todo o mundo participarem do evento esportivo. Os milhares de voluntários estarão no centro das operações do torneio e o programa irá deixar um legado de voluntariado na região.

Desde segunda-feira (21), voluntários de todas as origens e com qualquer nível de experiência podem se inscrever para fazer parte do torneio por meio do site volunteer.FIFA.com. As inscrições estão abertas para todos os países.

Para ser elegível, o voluntário deve ter 18 anos ou mais em 1º de outubro de 2022. Não há limite máximo de idade. É necessário falar inglês e árabe. Outros idiomas são considerados um diferencial. Também é preciso ter disponibilidade para trabalhar por no mínimo dez dias durante o evento.

O Programa de Voluntariado está em busca de pessoas que saibam solucionar problemas, que sejam confiáveis, que tenham habilidades interpessoais e capacidade de aprender rapidamente. Habilidades de comunicação, liderança, linguagem e trabalho em equipe também serão úteis.

LEIA: Fifa promete Copa do Catar como “referência de saúde para eventos esportivos”

Apesar de a Copa ter início no final de novembro, o trabalho de alguns voluntários vai começar mais cedo, a partir de 1º de outubro. Voluntários de todo o planeta estarão no centro das operações do torneio, dando suporte em 45 áreas funcionais em locais oficiais e não oficiais, como estádios, locais de treinamento, aeroporto, áreas de torcedores, hotéis e centros de transporte público.

Os candidatos pré-selecionados irão participar de uma avaliação e de uma entrevista. Todos os voluntários selecionados irão receber treinamento, além de um uniforme Adidas de edição limitada, uma refeição durante o turno e acesso gratuito ao transporte público.

O lançamento do Programa de Voluntariado foi feito em um evento no anfiteatro de Katara, em Doha, capital do país árabe (foto acima) nesta semana. Participaram autoridades e personalidades locais, como a CEO da Fundação do Catar para a Educação, Ciência, e Desenvolvimento Comunitário, Hind Bint Hamad Al Thani, o ministro do Esporte e Juventude, Salah Bin Ghanem Al Ali, e o secretário-geral do Comitê Supremo para Entrega e Legado, Hassan Al Thawadi. O presidente da Fifa, Gianni Infantino, a secretária-geral da Fifa, Fatma Samoura, e o ex-jogador australiano Tim Cahill, embaixador do Legado do Catar, também participaram do evento que reuniu 3.500 candidatos ao programa de voluntariado.

“Esta é a primeira Copa do Mundo desse tipo. A primeira em nosso belo país e região. Queremos usar o poder do futebol para abrir as portas para um mundo de experiências incríveis”, disse Hassan Al Thawadi.

“Esta edição da Copa do Mundo da Fifa é uma oportunidade incrível de compartilhar a identidade única do Catar e criar experiências que conectam uma comunidade global. Nossos voluntários são o coração e a alma de tudo. São o sorriso acolhedor, a mão amiga, a voz animadora. Eles compartilham nosso orgulho, compartilham nossas tradições e ajudarão a criar um legado duradouro para nosso país, para o Oriente Médio, para a Ásia e para o mundo”, completou.

LEIA: Brasileiros esperam uma Copa do Mundo excepcional no Catar 2022

Publicado originalmente em Anba

Categorias
CatarNotíciaOriente Médio
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments