Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Emirados e Arábia Saudita conspiram para dividir o Iêmen, alega ex-ministro

1
Ataques aéreos da coalizão saudita no Iêmen, 7 de julho de 2015 [MOHAMMED HUWAIS/AFP/Getty Images]

Saleh al-Gubwani, ex-Ministro dos Transportes do Iêmen, alertou nesta quarta-feira (16) para “uma nova conspiração conduzida por Emirados Árabes Unidos e Arábia Saudita para atacar a República do Iêmen e legitimar a divisão do país”.

Al-Gubwani afirmou no Twitter: “Caso milícias tenham representação no fórum organizado em Riad para consentir com um novo conselho presidencial e transformar estados em cantões, trata-se então de uma nova conspiração … a fim de atacar o âmago da República do Iêmen e legitimar a divisão do país”.

“Alertamos os estados do Golfo a não participar de tamanha conspiração”, acrescentou.

Na terça-feira (15), as agências Reuters e AFP citaram fontes oficiais ao reportar que o Conselho de Cooperação do Golfo (CCG) estuda convidar todas as partes do conflito iemenita, incluindo o grupo houthi, a consultas abrangentes na capital saudita, a fim de alcançar um cessar-fogo.

Os houthis — ligados a Teerã — aparentemente recusaram-se a participar das conversas em Riad, dado que é justamente a base da coalizão árabe contra a qual combatem.

LEIA: Houthis do Iêmen podem rejeitar convite para diálogo do CCG

Categorias
Arábia SauditaEmirados Árabes UnidosIêmenNotíciaOriente Médio
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments