Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Rússia e Emirados Árabes prometem manter a estabilidade do mercado de energia

O presidente russo Vladimir Putin e o príncipe herdeiro de Abu Dhabi, Mohammed bin Zayed al-Nahyan, em 15 de outubro de 2019 [Alexey Nikolsky/Sputnik/AFP via Getty Images]
O presidente russo Vladimir Putin e o príncipe herdeiro de Abu Dhabi, Mohammed bin Zayed al-Nahyan, em 15 de outubro de 2019 [Alexey Nikolsky/Sputnik/AFP via Getty Images]

O presidente russo, Vladimir Putin, e o príncipe herdeiro de Abu Dhabi, sheikh Mohammed Bin Zayed, prometeram manter a estabilidade do mercado de energia, informou ontem a agência de notícias estatal dos Emirados Árabes, à medida que os preços do petróleo aumentaram após a invasão da Ucrânia pela Rússia.

A agência disse que os dois líderes falaram ao telefone e discutiram “o arquivo de energia à luz da cooperação russa com a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP, na sigla em inglês)”.

Enquanto isso, o Kremlin disse, em comunicado, que Bin Zayed “enfatizou o direito da Rússia de garantir sua segurança nacional”, o que não foi incluído nos relatórios dos Emirados.

Os preços do petróleo subiram quase 6 por cento ontem, impulsionados pela intensificação da violência na Ucrânia e ameaças de países ocidentais de impor sanções adicionais contra Moscou.

A Rússia é o segundo maior exportador mundial de petróleo bruto e fornece mais de 40 por cento das necessidades anuais de gás da União Europeia.

LEIA: Ucrânia pede que Israel pare de rejeitar refugiados

Categorias
Emirados Árabes UnidosEuropa & RússiaNotíciaOPEPOrganizações InternacionaisOriente MédioRússiaUcrânia
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments