Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Turquia entrega seu primeiro navio para coletar inteligência

Presidente da Turquia Recep Tayyip Erdogan discursa durante cerimônia para promover o navio TCG Ufuk, no porto de Istambul, 14 de janeiro de 2022 [Murat Kula/Agência Anadolu]

A Turquia desenvolveu seu próprio navio para coletar inteligência — medida que pode ampliar substancialmente suas capacidades marítimas e de informações.

Durante cerimônia de entrega no estaleiro de Istambul, na sexta-feira (14), o presidente Recep Tayyip Erdogan enalteceu o TCG Ufuk (A-591) como “olhos e ouvidos da Turquia”.

A embarcação Ufuk — que significa “horizonte” — pode navegar continuamente por 45 dias e foi projetada para missões de interceptação de sinais e coleta de inteligência (SIGINT/ELINT).

Sua gestão ficará a cargo da Organização Nacional de Inteligência da Turquia (MIT).

A empreiteira turca STM liderou a fabricação do navio. Seus sistemas eletrônicos, comando central e equipamentos de teste e treinamento foram fornecidos pela empresa militar Aselsan.

Por meio de sistemas avançados, o Ufuk deverá coletar dados em terra e mar, ao seu redor.

LEIA: Erdogan promete não expulsar sírios da Turquia enquanto for presidente

Erdogan celebrou a conquista: “A Turquia é atualmente um dos dez países no mundo capazes de projetar, construir e executar manutenção de seus navios de guerra”.”

Além disso, seu regime busca expandir sua indústria própria de armamentos. O presidente turco expressou intenções de expandir suas exportações no setor a US$4 bilhões em 2022, ao confirmar que 180 plataformas navais já foram vendidas a 25 países.

 

“Produzimos agora sistemas de lançamento vertical a serem utilizados em três novas corvetas”, insistiu Erdogan. “Fortaleceremos nossa Marinha ainda mais com sistemas de gestão de guerra e radares produzidos em âmbito local”.

A nova embarcação estava em construção desde 2019, segundo as informações.

No último ano, Kozan Selcuk Erkan, pesquisador especializado em assuntos de defesa, reiterou à imprensa que muitos países carecem ainda da tecnologia utilizada no TCG Ufuk.

“Salvo Estados Unidos, Rússia, China, França, Suécia, Alemanha, Noruega e Reino Unido, pouquíssimas marinhas têm a mesma capacidade”, argumentou Erkan.

LEIA: Erdogan disse que os laços da Turquia com Israel “sempre serão fortes”

Categorias
Europa & RússiaNotíciaTurquia
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments