Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Partido marroquino condena “violações que afetam a integridade das eleições”

Eleitor marroquino vota nas eleições parlamentares e municipais, em uma seção eleitoral em Rabat, Marrocos, em 8 de setembro de 2021 [Jalal Morchidi/Agência Anadolu]

O Partido da Justiça e Desenvolvimento marroquino (PJD) condenou ontem o que chamou de “violações que afetam a integridade das eleições”. Isto aconteceu na véspera das eleições legislativas e municipais que estão sendo realizadas hoje.

Em uma declaração, o PJD apontou “os contínuos desequilíbrios e violações que prejudicaram a campanha eleitoral, como o uso pesado de dinheiro e todos os métodos para influenciar os eleitores com promessas e benefícios, que constituem violações flagrantes das exigências legais que regulam as campanhas eleitorais e as condições da competição democrática”.

A declaração também destacou “o fenômeno da duplicação de nomes nas listas eleitorais [os registros dos eleitores] … que afeta sua credibilidade e prejudica a integridade das eleições”.

LEIA: Maior partido da oposição espera liderar as eleições do Marrocos

E denunciou “tentativas feitas por governadores, trabalhadores e representantes de partidos políticos para encorajar a transferência de eleitores para os postos de votação no dia da votação, supostamente para aumentar a taxa de participação”.

Tal movimento, explicou, só pode ser visto como uma tentativa de continuar a campanha eleitoral no dia da votação.

Cerca de 6.815 candidatos estão concorrendo a 395 assentos na Câmara dos Deputados do país.

A PJD tem liderado o governo desde 2011 após vencer as eleições parlamentares daquele ano, e novamente em 2016.

Marrocos é uma monarquia constitucional onde o rei detém poderes de varredura. Ele escolhe o primeiro-ministro do partido que ganha a maioria dos assentos no parlamento e nomeia ministros-chave.

O palácio também estabelece a agenda econômica para o país de 37 milhões de pessoas e encomenda um novo modelo de desenvolvimento que o novo governo é solicitado a implementar.

Categorias
ÁfricaMarrocosNotícia
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments