Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Tunísia registra maior mortalidade por covid na África, alerta OMS

Trabalhadores do setor de turismo recebem a primeira dose da vacina contra o coronavírus em Túnis, capital da Tunísia, 4 de junho de 2021 [Fethi Belaid/AFP via Getty Images]

Desde o início de julho, a Tunísia registrou o maior índice de mortalidade por coronavírus de toda a região do Mediterrâneo Oriental e continente africano, reportou nesta quinta-feira (15) a Organização Mundial da Saúde (OMS).

“A situação na Tunísia é ainda bastante preocupante, diante da propagação generalizada da variante Delta”, afirmou a OMS em comunicado.

“As mortes dobraram em menos de uma semana”, prosseguiu. “Em 5 de julho; foram 119 mortes; em 8 de julho, foram 189 mortes”.

Na quarta-feira (14), o Ministério da Saúde da Tunísia registrou 194 novos óbitos e 8.213 novas infecções no período de 24 horas.

Cerca de dois milhões de pessoas receberam a primeira dose da vacina contra o covid-19 na Tunísia — de uma população total de 11.7 milhões de pessoas. Apenas 677 mil receberam a segunda dose do imunizante, segundo dados oficiais.

Até então, um total de 526.487 pessoas contraíram a doença e cerca de 17 mil tunisianos faleceram, conforme informações da rede Worldometers.

LEIA: Raquete da campeã de tênis da Tunísia vai a leilão para apoiar luta contra covid-19

Categorias
ÁfricaCoronavírusNotíciaOMSOrganizações InternacionaisTunísia
Show Comments
Show Comments