Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Combatentes do Al-Shabaab são mortos na Somália após explosão de área usada para fabricar bombas

Uma peça de veículo naufragada repousa no chão após combatentes do Al-Shabaab terem lançado um conjunto de bombas em Mogadíscio, Somália, em 30 de setembro de 2019 [Sadak Mohamed/ Agência Anadolu]

Pelo menos 61 extremistas do Al-Shabab foram mortos em uma poderosa explosão ontem em uma instalação de fabricação de bombas no sul da Somália, noticiou a rádio Voice of the Somali Republic.

“Uma poderosa explosão ocorreu na cidade de Alfoto controlada por Al-Shabab”, disse uma fonte de segurança sênior à estação de rádio. “Foi causada por um carro-bomba posto em uma casa usada pela Al-Shabaab para preparar explosivos e armadilhas. O edifício inteiro foi destruído”.

Segundo relatórios, um dos mortos foi Ahmed Sharif (“Abu Bilal”), um comandante da Al-Shabab que tem nacionalidade afegã e supervisiona a preparação de carros-bomba. O nacional iemenita Khaled Kasi também foi morto.

A Somália vem travando uma guerra contra os extremistas do Al-Shabaab há anos. O grupo armado foi formado no início de 2004 e está afiliado ideologicamente à Al-Qaeda. Ele reivindicou a responsabilidade por muitos ataques terroristas que ceifaram a vida de centenas de pessoas.

LEIA: A explosão de uma bomba mata três e fere sete na Somália

Categorias
ÁfricaNotíciaSomália
Show Comments
Show Comments