Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Líbano prende dois suspeitos por transporte de drogas na Arábia Saudita

Drogas e pílulas, 29 de março de 2019 [Louai Beshara/AFP/Getty Images]

O Líbano prendeu dois irmãos suspeitos de estarem envolvidos em uma tentativa frustrada de contrabandear anfetaminas para a Arábia Saudita, informou a Reuters. As prisões foram anunciadas pelo governo interino no domingo.

A descoberta de 5,3 milhões de comprimidos de Captagon escondidos em carregamentos de romã do Líbano levou as autoridades sauditas a proibir a importação de produtos libaneses. A medida agrava os graves problemas econômicos do Líbano.

O ministro do Interior no governo interino, Mohamed Fahmy, disse à emissora libanesa MTV durante uma excursão pela área de fronteira do norte ao vale Bekaa: “Nós descobrimos esses cúmplices e um acompanhamento do caso está em andamento”. Há um contrabando desenfreado de produtos, desde drogas a combustível e alimentos subsidiados, através da fronteira com a Síria a partir da área.

O Líbano manteve contato com as autoridades sauditas durante o andamento das investigações.

Fahmy disse que não há evidências de que o poderoso grupo xiita Hezbollah do Líbano esteja envolvido no caso. O Hezbollah há muito tempo é acusado por Washington e seus inimigos regionais de ligações com o comércio mundial de drogas multimilionário no Líbano e na Síria para financiar suas operações militares.

LEIA: Líbano apreende 11 kg de cocaína com início de repressão ao contrabando

A milícia pró-iraniana controla a área de fronteira e seus combatentes se movem livremente através da fronteira para lutar ao lado das forças do presidente sírio Bashar Al-Assad.

Acredita-se que a Síria seja um dos maiores produtores e exportadores do falsificado Captagon, uma droga popular entre os jovens ricos no Oriente Médio, particularmente no Golfo.

Categorias
Arábia SauditaLíbanoNotíciaOriente Médio
Show Comments
Show Comments