Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

90% dos pescadores de Gaza vivem abaixo da linha da pobreza

Pescadores de Gaza na costa do pequeno território palestino sitiado, em 3 de setembro de 2020 [Ali Jadallah/Agência Anadolu]
Pescadores de Gaza na costa do pequeno território palestino sitiado, em 3 de setembro de 2020 [Ali Jadallah/Agência Anadolu]

O fechamento da área de pesca na Faixa de Gaza, imposto pelo exército de Israel, aumentou o sofrimento dos pescadores palestinos, dos quais 90% vivem abaixo da linha da pobreza, relatou ontem (28) Zakaria Bakr, presidente do sindicato da categoria à rádio Al Aqsa.

Na segunda-feira (26), autoridades da ocupação israelense fecharam o acesso ao mar para todos os pescadores de Gaza.

Cerca de 60 mil pessoas foram afetadas pela medida arbitrária israelense, reiterou Bakr. Segundo o presidente do sindicato, o fechamento coincide com uma importante temporada de pesca e Israel costuma impor restrições similares no início de cada época produtiva.

Israel, prosseguiu, tem como alvo deliberado o setor de pesca, ao limitar sua área de operação, atacar pescadores e seus barcos no mar e impedir a importação de equipamentos.

LEIA: A Covid-19 cobrará um preço alto da educação, aponta novo relatório da Unesco

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments