Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Primeiros veículos do Catar atravessam a fronteira saudita após desescalada no Golfo

Carros atravessam a fronteira do lado catariano à Arábia Saudita, após reabertura, em 9 de janeiro de 2021 [Karim Jaafar/AFP/Getty Images]
Carros atravessam a fronteira do lado catariano à Arábia Saudita, após reabertura, em 9 de janeiro de 2021 [Karim Jaafar/AFP/Getty Images]

Neste sábado (9), veículos do Catar atravessaram a fronteira ao território da Arábia Saudita, pela primeira vez desde que Riad rompeu laços diplomáticos e rotas de transporte com Doha, em 2017, reportou a televisão estatal saudita, após o recente acordo para restaurar relações.

“É bom que a crise tenha se solucionado e tivemos as boas vindas acolhedoras. É bom ver a felicidade em nossos irmãos”, declarou o motorista do segundo carro a atravessar o posto de controle de Abu Samra-Salwa, em entrevista à rede Ekhbariya TV.

Na terça-feira (5), Riad anunciou um acordo promovido pelos Estados Unidos para encerrar a disputa com o Catar, na qual Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Egito e Bahrein impuseram embargo a Doha, sob acusações de apoio ao terrorismo e aproximação com o Irã.

O Catar nega veementemente todas as alegações e insiste que o bloqueio pretendia sabotar sua soberania nacional.

Um oficial emiradense prometeu que todos os vínculos de comércio e viagem serão retomados dentro de uma semana, após o anúncio do acordo, mas alegou que a restauração de laços diplomáticos demanda maior tempo dado que as partes precisam reconstruir confiança.

LEIA: Emirados reabrem fronteiras terrestres, marítimas e aéreas com o Catar

Até então, nenhum voo foi retomado entre o Catar e os quatro estados árabes. Na quinta-feira (7), a companhia Qatar Airways começou a redirecionar algumas de suas rotas via espaço aéreo da Arábia Saudita.

A empresa aérea Etihad, pertencente aos Emirados Árabes Unidos, planeja retomar serviços entre Abu Dhabi e Doha em breve, declarou um porta-voz no sábado.

Não obstante, medidas para conter a propagação do coronavírus estão em vigor de ambos os lados da fronteira.

Todas as pessoas que atravessarem Abu Samra têm de apresentar teste negativo de covid-19, passar por nova testagem na fronteira e quarentena de uma semana em um hotel selecionado, reiterou a agência de notícias estatal do Catar.

Categorias
Arábia SauditaCatarGCCNotíciaOrganizações InternacionaisOriente Médio
Show Comments
Show Comments