Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Israel vai expulsar 400 palestinos do Sheikh Jarrah, em Jerusalém

Ativistas protestam contra a decisão de Israel de evacuar famílias palestinas que moram em Sheikh Jarrah, Jerusalém Oriental, em 1° de fevereiro de 2019. [Faiz Abu Rmeleh/Agência Anadolu]
Ativistas protestam contra a decisão de Israel de evacuar famílias palestinas que moram em Sheikh Jarrah, Jerusalém Oriental, em 1° de fevereiro de 2019. [Faiz Abu Rmeleh/Agência Anadolu]

As autoridades de ocupação israelenses emitiram uma decisão para despejar à força 400 palestinos, incluindo mulheres e crianças, de suas casas, no bairro Sheikh Jarrah, em Jerusalém Oriental.

O especialista em assuntos de Jerusalém, Fakhri Abu Diyab, disse ao site de notícias Al-Mugtama que as autoridades de ocupação emitiram uma decisão de evacuar 28 edifícios, abrigando 80 famílias palestinas para entregá-los aos israelenses que, por sua vez, os converterão em quartéis militares.

“Israel afirma que a alegação de que as propriedades pertencem ao israelenses é infundada”, disse Abu Diyab, explicando que as famílias palestinas vivem nas casas desde 1956.

“A decisão da ocupação israelense é um crime e uma agressão que tem por finalidade esvaziar a cidade de seus residentes palestinos e criar um desequilíbrio demográfico que favoreça os colonos”, acrescentou.

As forças israelenses demoliram 176 casas palestinas na Jerusalém ocupada desde o início deste ano e aprovaram o estabelecimento de 17 mil unidades de assentamento na Cidade Santa.

LEIA: Não há infância na Palestina ocupada

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Show Comments