Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Israel força família palestina a demolir sua própria casa, sob ameaça de duras multas

Família palestina no território ocupado de Jerusalém Oriental foi obrigada a demolir seu próprio lar, pelas forças militares de Israel

Uma família palestina no território ocupado de Jerusalém Oriental foi obrigada a demolir sua própria casa, na segunda-feira (10), reportou a rede Quds Press.

Uma corte israelense ordenou o residente palestino Ibrahim Abu Seiba a destruir a residência de sua família, sob ameaça de multa pesada e taxas de demolição.

A ordem de demolição foi emitida sob pretexto de falta de alvarás. Contudo, a política da ocupação israelense sobre os territórios palestinos ocupados torna quase impossível que cidadãos palestinos obtenham licenças de construção ou reforma para suas residências.

Jerusalém Oriental localiza-se na chamada “Área C”, segundo designado pelos Acordos de Oslo, que recai sob pleno controle administrativo e militar de Israel. Como resultado, o estado da ocupação regularmente emite ordens de demolição aos palestinos na área, tanto àqueles que construíram casas para conter a expansão de suas famílias quanto contra construções que existem há décadas.

A Comissão de Resistência ao Muro e à Colonização na Palestina reportou que as forças israelenses de fato demoliram 313 casas nos territórios ocupados da Cisjordânia e Jerusalém Oriental, somente na primeira metade de 2020.

LEIA: Israel demoliu 313 casas palestinas na Cisjordânia e Jerusalém em 2020

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestinaVídeos & Fotojornalismo
Show Comments
Show Comments