Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Banco Mundial deverá enviar US$500 milhões ao Egito como apoio a programas habitacionais

Menina olha para as ruas de sua janela em uma residência localizada no famoso bairro “Cidade dos Mortos”, que abriga mais de meio milhão de pessoas dentro da necrópole, no Cairo, capital do Egito, em 15 de dezembro de 2016 [Chris McGrath/Getty Images]

O Banco Mundial anunciou um novo financiamento ao Egito no valor de US$500 milhões a fim de conceder apoio a projetos habitacionais para famílias de baixa renda.

O banco afirmou que os recursos estabelecidos pretendem apoiar esforços para que famílias de baixa renda tenham acesso a unidades habitacionais a preços populares. Além disso, buscam implementar a capacidade do fundo de habitação social e financiamento imobiliário para desenvolver políticas e programas de coordenação no setor habitacional do país.

O Banco Mundial citou Assem el-Gazzar, Ministro de Habitação, Infraestrutura e Comunidades Urbanas do Egito: “Este programa deverá apoiar esforços contínuos para implementar os atuais projetos habitacionais que beneficiam egípcios de baixa renda.”

“Deverá aumentar a eficiência do setor e garantir que programas sejam desenvolvidos para cumprir com as demandas do povo egípcio, além de promover a participação do setor privado na área de habitação social”, acrescentou o ministro.

Mai Abdel Hamid, diretor executivo do Fundo Financeiro Imobiliário e de Habitação Social, alegou que este financiamento adicional – no valor de US$500 milhões – deverá aumentar o volume já recebido pelo programa a US$1.3 bilhões, a fim suprir necessidades urgentes da população mais pobre.

LEIA: Oposição no Egito denuncia que governo de Sisi é tão perigoso quanto coronavírus

Categorias
ÁfricaBanco MundialEgitoNotíciaOrganizações Internacionais
Show Comments
Show Comments