Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Israel impõe quarentena a mais de 200 pessoas sob suspeita de coronavírus

Trabalhadores da saúde vestem máscaras de proteção para realizar primeiros socorros após o início do surto de coronavírus na China, em 23 de janeiro de 2020 [Miguel Candela Poblacion/Agência Anadolu]

Após a confirmação do segundo caso de coronavírus em Israel, mais de 200 cidadãos israelenses foram postos em quarentena, incluindo trinta oficiais militares, conforme informações divulgadas ontem (23) pela imprensa local.

Os israelenses expostos ao coronavírus estavam entre os passageiros que retornavam de um navio cruzeiro posto anteriormente em quarentena na costa do Japão, segundo informações do jornal israelense Haaretz. Um alerta de viagem também foi emitido pelo governo de Israel, cobrindo incursões a Japão e Coreia do Sul.

No domingo, a rádio oficial do Exército de Israel reportou que os trinta oficiais sob quarentena incluem o adido militar de Israel na China e sua família.

As medidas ocorrem diante de relatos de que nove sul-coreanos que visitaram Israel e Cisjordânia ocupada foram diagnosticados recentemente com o vírus ao retornar para a casa.

A doença é considerada preocupação prioritária no cenário mundial, desde dezembro último, quando casos começaram a surgir na cidade de Wuhan, China, epicentro do surto do novo coronavírus.

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestine
Show Comments
Show Comments