Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Israel expulsa jovem de Al-Aqsa por vários meses

Jerusalemita Anass Muhammad Abu Homos [Safa]

A polícia da ocupação de Israel, expulsou, na segunda-feira, o jovem Anas Muhammad Abu Hummus morador da vila de Al-Issawiya, da mesquita de Al-Aqsa e proibiu sua entrada por três meses.

O pai do ativista, Muhammad Abu Al-Hummus, disse à agência de notícias Safa que a polícia de ocupação prendeu seu filho Anas há uma semana, nas proximidades da área de oração do portão de Al-Rahma (Bab Al-Rahma). Isso ocorreu enquanto ele prestava exame universitário, sendo levado à delegacia de Al-Qishleh, na Cidade Velha de Jerusalém ocupada.

Abu Al-Hummus acrescentou que a polícia libertou seu filho Anas depois de entregar-lhe uma ordem de expulsão da mesquita Al-Aqsa por uma semana, sob a condição de que ele retorne após o final da semana para receber outra ordem igual por vários meses.

“Não foi a primeira vez que Anas foi excluído da mesquita de Al-Aqsa”, explicou Abu Al-Hummus, “como ele havia sido expulso duas vezes antes, a primeiro por quatro meses e a segunda por dois meses” , tendo sido espancado durante os recentes eventos da área de oração de Bab El Rahma”, acrescentou o pai de Anas.

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestine
Show Comments
Show Comments