Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Sultão de Omã aprova orçamento para 2020 com déficit de 6,5 bilhões de dólares

Grande Mesquita do Sultão Qaboos em Mascate, Omã [Allan Gray / Flickr]

O sultão de Omã Qaboos Bin Said aprovou o orçamento para 2020 com um déficit esperado de 6,5 bilhões de dólares, informou a agência de notícias oficial de Omã na quarta-feira.

De acordo com a agência de notícias, o governo do Sultanato deve emprestar 5,2 bilhões de dólares de fontes estrangeiras e domésticas e financiar o restante com reservas de caixa.

As receitas estimadas do país para o orçamento de 2020 foram baseadas nos preços médios do petróleo de 58 dólares por barril este ano. Isso gera um aumento de seis por cento em relação a 2019.

Segundo a agência de notícias, as despesas do governo devem aumentar este ano em dois por cento ou 34,38 bilhões de dólares.

Omã é considerado o país mais pobre dos Estados do Golfo em relação aos recursos petrolíferos e tem um plano de quatro anos, cobrindo 2016-2020.

O plano, que inclui investimentos de 106 bilhões de dólares em cinco anos, visa diminuir a dependência das receitas do petróleo de 44% para 22% em 2020.

Categorias
NotíciaOmãOriente Médio
Show Comments
Show Comments