Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Israelenses são presos na Europa por contrabandear khat

Folha de khat, planta com propriedades entorpecentes similares à anfetamina [Malcom Manners/Flickr]

Ao menos sessenta israelenses foram presos na Europa acusados de contrabandear grandes quantidades de khat, planta com propriedades entorpecentes similares à anfetamina, segundo informações divulgadas pelas mídias locais nesta quarta-feira (16).

O jornal israelense The Jerusalem Post relatou que sete israelenses foram presos na França, três na Suécia, dois na Espanha e dois na Irlanda.

Eles foram pegos com enormes quantidades de khat, droga originalmente cultivada no Iêmen e na Somália. Segundo as autoridades europeias, as maiores quantidades apreendidas foram de 91 e 82 quilogramas cada.

A rede de notícias Arab48 corroborou informações do periódico israelense Yedioth Ahronoth ao confirmar que um cidadão israelense de 32 anos foi preso na Turquia com 35 quilogramas de khat e condenado a dez anos de prisão. As fontes reiteram que ao menos sessenta outros israelenses também foram presos por tráfico internacional de khat.

“Infelizmente, o fenômeno continua a se expandir, ferindo cidadãos inocentes – alguns dos quais pertencentes a parcelas discriminadas da própria sociedade israelense, mais facilmente tentados pelos traficantes de khat e que são condenados a penas severas no exterior,” comentou um porta-voz do Ministério de Relações Internacionais de Israel.

Categorias
IsraelNotíciaOriente Médio
Show Comments
Show Comments