Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Exército da Síria recupera 600 km² nas províncias de Idlib e Aleppo

Exército da Síria avança em Idlib e Aleppo

As Forças Armadas da Síria – lideradas pelo Presidente Bashar al-Assad – anunciaram que tropas em avanço a partir do leste de Idlib, noroeste do país, recuperaram controle de 600 km² de território, após reunirem-se com tropas auxiliares que vinham da direção sul de Aleppo, em declaração emitida à agência de notícias SANA.

O Comando Geral do Exército afirmou: “As forças armadas da Síria realizaram conquistas de campo consideráveis. As forças que avançavam do leste de Idlib encontraram-se com forças que avançavam de Aleppo, recuperaram uma área geográfica de mais de 600 km² e impuseram controle sobre dezenas de cidades, aldeias e principais montes.”

A declaração reiterou que “unidades de nossas forças armadas nas províncias de Idlib e Aleppo continuaram a progredir em solo, a fim de eliminar organizações terroristas que intensificaram seus ataques contra civis, ao utilizá-los como escudo humano.”

Segundo o exército do regime sírio, as cidades, aldeias, localidades e colinas “liberadas” referem-se a Khan Al-Sabl, Kafr Battikh, Jawbas, Nayrab, Tell Mardikh, Kafr Amim, Ages, Saraqib, Tal Al-Tabariz, Maharim, Universidade de Ebla, Rasm, Al-Eiss, Sheikh Ahmed, Zammar, Hawir Al-Eiss, Tell Bagir, Rasm Al-Sahrij, Tel Touqan, Jazaraya, Khan Tuman, Khalsa, Al-Qarasi, Zaytan, Sheikh Idris, Al Rayyan, Louf e Al-Eiss.

Conforme informações da agência Anadolu, os Estados Unidos decidiram estabelecer bases militares na província de Al-Hasakah, a fim de consolidar sua presença nas regiões ricas em petróleo no noroeste da Síria.

Com base em fontes de imprensa, as autoridades americanas começaram a construir com urgência uma base na aldeia de Tal Barak, a 40 km da cidade de Al-Hasakah, capital da província. Na última semana, forças americanas transferiram maquinário e equipamentos de construção do Iraque para Tal Barak pela travessia de fronteira de Al-Waleed.

Militares dos Estados Unidos ainda hastearam sua bandeira nacional no centro de Tal Barak. Helicópteros do exército executaram voos de reconhecimento sobre a área designada para o estabelecimento da base.

Segundo relatos, as obras tiveram início em 3 de fevereiro. A reportagem ainda destaca que o objetivo americano ao construir a base é cortar acesso do Exército da Rússia ao campo petrolífero de Rumailan, um dos mais importantes centros de produção de petróleo na Síria, no noroeste de Al-Hasakah.

Paralelamente, forças dos Estados Unidos, posicionadas em Deir ez-Zor, leste da Síria, começaram a converter um edifício no bairro de Ghweran em base militar, a fim de controlar a produção de petróleo local.

Em outro contexto, neste domingo (9), o Exército da Turquia enviou reforços militares a postos de controle na província de Idlib, em situação crítica devido a ataques do regime sírio e aliados. Uma frota de tropas auxiliares, incluindo tanques e munição, chegou ao distrito de Reyhanli, na província fronteiriça de Hatay, sul da Turquia.

Categorias
EUAEuropa & RússiaNotíciaOriente MédioRússiaSíria
Show Comments
Show Comments